quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Nos Confins do Horizonte

Estamos preparando nosso novo espetáculo.
Nos Confins do Horizonte.
O espetáculo é resultante de investigações cênicas e experimentações dramatúrgicas realizadas a partir das memórias do elenco, estruturado em fragmentos dramatúrgicos e poéticas vivenciadas pelos atores e atrizes ao longo dos seus trinta anos de atuação no grupo.
Para encenação do espetáculo, adotamos como processo criativo e metodologia de trabalho a técnica da colagem cênica1, experienciada e experimentada em oficinas e jogos, tendo como suporte estético a dramaturgia produzida pela Escarcéu, enfatizando aspectos artísticos, históricos, socioculturais e a contribuição do grupo para a formação de plateias.



1PAVIS, Patrice. A análise dos espetáculos: teatro, mímica, dança, dança-teatro, cinema. Trad. Sérgio Sávia Coelho. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 2008.
______, Patrice. Dicionário de Teatro. Trad. J.Guinsburg & Maria Lúcia Pereira. São Paulo: Perspectiva, 2007

domingo, 15 de setembro de 2013

O Teatro de Rua



O teatro de rua é um manifesto que utiliza corpo e espaço 
para expressar uma estética própria e integrada ao urbano. 
Nonato Santos (2011: 31)

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Programação Especial para o Mês de Agosto

Agosto da alegria no Escarcéu Ponto de Cultura

Ensaio/Aula de Dança do Ventre 


A companhia Escarcéu abre seus portões durante a programação do “Agosto da alegria” para mostrar as ações culturais que são promovidas pelo Ponto de cultura Escarcéu, com o apoio da Fundação José Augusto e do Governo Federal, bem como, projetos de outros grupos que produzem arte na comunidade. As apresentações relacionadas ao Evento “Agosto da Alegria” começam a partir desta quinta- feira, 15, e segue até o dia 17 (sábado).
A programação “Agosto da Alegria do Ponto de Cultura Escarcéu” está distribuída da seguinte forma: na quinta, 15, às 19h, haverá apresentação do espetáculo “Sala de Reboco” do Grupo de Arte e Cultura Popular, seguida do Grupo de Dança da Escola Hermógenes, exibição
do curta: “Azul e encarnado – uma paixão proibida” e um bate-papo
sobre cultura popular com Nonato Santos.
Na sexta, 16, às 16h, haverá contação de histórias (Escola Hermógenes – Lagoa do Mato), exibição de curta: Cortejo ao pôr do sol, dança com as crianças da Academia Topfit e apresentação da dança do Ventre Ponto Cultura Escarcéu. No sábado, 17, às 17h, intercâmbio com o Ponto de Cultura Mulheres Jovens construindo cultura e autonomia, roda de capoeira da Escarcéu e Confraternização com comidas típicas.
Desta forma, o projeto “Escarcéu o ponto da cultura” pretende despertar adolescentes e jovens para importância de suas ações quanto sujeitos da transformação social, política, educativa e cultural, visando contribuir com a democratização do acesso à formação e participação destes na produção cultural junto às comunidades contempladas.


15 – Quinta-feira 
Apresentação Sala de Reboco GACP Grupo de Arte e Cultura Popular
(19h) – Exibição de curta: Azul e encarnado – uma paixão proibida(19:20h) – Bate-papo sobre cultura popular com Nonato Santos
(20:00h) – Grupo de Dança da Escola Hermógenes
16 – Sexta-feira
(16h) – Contação de histórias ( Escola Hermógenes – Lagoa do Mato)
(19h) – Exibição de curta: Cortejo ao pôr do sol
(19:20h) – Dança com as crianças da Academia Topfit
(19:40 ) – Dança do Ventre Ponto Cultura Escarcéu.
17 – Sábado
(19:30h) – Dança com as crianças da Academia Topfit
17 – Sábado
(17h) – Exibição de curta: Do Ponto de Cultura Mulheres Jovens construindo cultura e autonomia.
(17:30h) – (18:00h) – Capoeira Escarcéu
Confraternização com comidas típicas

Escarcéu o Ponto de Cultura
O projeto “Escarcéu o ponto da cultura” pretende despertar adolescentes e jovens para importância de suas ações quanto sujeitos da transformação social, política, educativa e cultural, visando contribuir com a democratização do acesso à formação e participação destes na produção cultural junto às comunidades contempladas.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Escarcéu de Teatro comemora 27 anos de companhia

Espetáculo Ciganos 
(foto de Simone Genuino)

A Escarcéu de Teatro comemora, nesta semana, 27 anos de companhia. E na sexta, 12 de julho, realizará uma programação especial com apresentação do grupo Nóis de Teatro (Fortaleza-Ceará) seguida de um bate-papo sobre o fazer teatral com os artistas da cidade de Mossoró na praça do Memorial da Resistência a partir das 17:30h.
Fundada em 08 de julho de 1986, a Cia Escarcéu traz como bandeira a democratização do acesso ao teatro através da montagem de espetáculos cuja encenação e opção cênico-espacial permitam ser realizados em espaços abertos públicos. Como gestora e produtora de artes cênicas e imbuída pelo desejo de facilitar o acesso à cultura artística, a Escarcéu estende as suas ações aos mais diversos estratos das camadas sociais.
Em 27 anos de arte teatral, a Escarcéu andou por diversos bairros da cidade, executou várias turnês pelo Nordeste, participou de diversos festivais nacionais e um internacional (Chile, 2011) levando o nome de Mossoró para o mundo, primando por um teatro de linguagem contemporânea que se apropria dos elementos estéticos das manifestações da cultura popular e privilegiando em suas montagens a comicidade, ludicidade e a brincadeira como linguagem em seus trabalhos cênicos.
Para celebrar o aniversário do grupo, a Escarcéu, com apoio da Prefeitura Municipal de Mossoró através da Secretaria de Cultura, fará uma programação aberta e gratuita nesta sexta, 12, no Memorial da Resistência às 17:30h com a apresentação do espetáculo “O que mata é o costume” da Cia. “Nóis de Teatro” – Fortaleza/CE e em seguida fará uma conversa sobre a arte de fazer teatro com os artistas mossoroenses.
O espetáculo “O que mata é o costume” é uma livre adaptação de “Aquele que diz sim, Aquele que diz não” de Bertolt Brecht, que discute as relações humanas conduzidas e definidas a partir das escolhas. A encenação usa recursos eletro-pops e traz aspectos que discutem também a necessidade e utilidade das mídias e eletrônicos na atual sociedade.

Comemoração de 27 anos Escarcéu
Programação:
- Apresentação Nóis de Teatro: 17:30h
- Bate-papo sobre o fazer teatral com artistas da cidade: 18:30h
- Hora/Local: 17:30h no Memorial da Resistência.

sábado, 8 de junho de 2013

Pastores de uma Nova Possibilidade


Amigos

Não nos coloquemos banidos e vitimizados.   Afirmemos a importância e a função social de nossas atividades no mundo em que vivemos. Lutemos pelas leis. O reconhecimento e confirmação de nossos direitos de livre expressão forçará o poder público a repensar a questão, como no Rio de Janeiro.   

Brasília tem uma lei igual a do Rio, assim como Niterói, Teresópolis, Cabo Frio no interior do Estado.

São Paulo também tem  projeto de lei em andamento, no mesmo sentido daquela do Rio.

O movimento é nacional. Os vereadores  e deputados precisam ser informados. O reconhecimento legal impulsionará o movimento por criação de políticas públicas para as Artes públicas.  A lei não nos concede nenhum privilégio, ela  apenas reconhece nossos direitos. Não vamos esperar as leis para agir. Vamos ocupar as praças cada vez mais e revelar as contradições de nosso frágil sistema pseudo-democratico.

Conheçam as leis do Rio, de Brasília e de São Paulo.  Se apresentem como artistas públicos com um importante papel no drama, na comédia e na tragédia brasileira, desmistificando a  farsa. Não esmoreçam. Não é uma questão particular.  É uma questão pública.

Somos pastores de uma nova possibilidade.

Meu afeto e solidariedade
Amir Haddad

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Encerramento de Temporada

A temporada 2013 do espetáculo Ciganos será concluída na cidade de Areia Branca.
Foram 17 apresentações em 15 cidades do nordeste. Voltaremos a relatar nossa atividades.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Rumo à Pernambuco



Projeto “CIGANOS”/ Turnê nordeste/2013
Ultimas apresentações
Arco Verde/PE dia 11 de Maio. Às 18 horas na Praça da Bandeira.
Olinda/PE dia 12 de Maio. Às 17 horas no Alto da Sé
Patrocínio: Prêmio Funarte de Artes Cênicas na Rua.

Ficha técnica
Espetáculo: CIGANOS
Modalidade: Rua
Gênero: Épico
Direção e Dramaturgia: Nonato Santos
Assistência de Direção e Músicas: Roberlilson Paulino
Figurino: Lenilda Sousa
Execução Musical: Alan Barboza (convidado)
Maquiagem: Savana Tomaz
Produção: Escarcéu
Assessoria de Imprensa: Jeane Meire e Camila Paula
Projeto Gráfico: Camila Paula e Nonato Santos
Elenco:
Lenilda Sousa
Nonato Santos
Roberlilson Paulino
Savana Tomaz
Camila Paula
Elenco de apoio:
Caio Medeiros
Jeane Meire
Lígia Morais
            

A Companhia Escarcéu de Teatro se preparando para finalizar mais um projeto dentro de sua trajetória de 27 anos de atuação. “Ciganos” da Cia Escarcéu, foi um dos 73 projetos aprovados pelo prêmio Funarte Artes Cênicas na Rua, na modalidade “projetos circulação de espetáculos de rua”. Das 15 apresentações previstas em cidades do Nordeste, distribuídas pelos Estados do Pernambuco, Ceará e Paraíba, faltam somente as do Estado de Pernambuco.
A companhia já vinha apresentando seu espetáculo em bairros de Mossoró durante o ano de 2012. O edital da Fundação Nacional de Artes (funarte) premiou iniciativas de artes para rua de todos os Estados brasileiros. O objetivo do programa é fomentar atividades que busquem, nas apresentações de rua, um novo significado para o espaço público. Como é um edital de abrangência nacional, 73 grupos de diversos estados brasileiros receberam o prêmio. Entre estes a Cia Escarcéu de Teatro.
Ciganos
O espetáculo é uma criação colaborativa baseada em vivências estéticas desenvolvidas pela Companhia Escarcéu como princípio criativo. Contando com a participação de atores e atrizes experientes e de jovens iniciantes egressos do curso de teatro oferecido pelo Ponto de Cultura da Escarcéu, a dramaturgia foi fruto de um trabalho que reuniu um conjunto de técnicas cênicas que teve a participação de todos os integrantes do elenco, sob a orientação do Mestre em Artes Cênicas Nonato Santos, que também assina a versão final do texto. A música do espetáculo foi composta pelo ator e percussionista Roberlilson Paulino, os figurinos são da atriz/figurinista Lenilda Sousa e a coreografia do espetáculo é assinada por Sadraque Tavares. 
O Espetáculo CIGANOS representa a experimentação de novos caminhos e linguagens teatrais. O espetáculo mostra a riqueza cultural de um povo nômade que há séculos caminha pelo mundo compartilhando experiências e conhecimentos.



sexta-feira, 26 de abril de 2013

"Ciganos" rumo ao Ceará



Dando prosseguimento a turnê pelo nordeste, a Escarcéu levará seu espetáculo Ciganos para Janduís (dia 26/04 - sexta feira), de onde seguirá para Crato e Nova Olinda no Ceará para apresentações nos dias 27 e 28/04 (Sábado e Domingo).

Espetáculo: CIGANOS
Modalidade: Rua
Gênero: Épico
Direção e
Dramaturgia: Nonato Santos
Direção Musical e Trilha Original: Mazinho Viana e Roberlilson Paulino
Assistência de Direção: Roberlilson Paulino
Figurino e Cenografia: Lenilda Sousa
Projeto de Iluminação: Ilê dos Santos
Execução Musical: Alan Barbosa
Maquiagem: Savana Tomaz
Produção: Lenilda Sousa
Assessoria de Imprensa:
Camila Paula e
Jeane Meire



Elenco:
Roberlilson Paulino
Lenilda Sousa
Savana Tomás
Nonato Santos
Camila de Paula
Jeane Meire
Lígia Morais
Caio Medeiros